Aumento para servidores terá impacto de R$ 1,5 bilhão por ano

NOVO alerta que reajuste poderá repercutir em aumento de impostos e novos atrasos nos salários do funcionalismo

Durante a sessão plenária desta terça-feira (03/05), a Bancada do Partido NOVO se opôs ao projeto que aumentou em 6% o salário de todos os servidores públicos do RS. Os deputados Giuseppe Riesgo e Fábio Ostermann alertaram que o impacto fiscal do reajuste será de R$ 1,5 bilhão por ano. Conforme os parlamentares, esse valor consome praticamente toda a economia que o Estado obteve com as reformas aprovadas pela Assembleia Legislativa entre 2019 e 2021.

Os deputados do Partido NOVO apontaram que o Rio Grande do Sul não pode avançar na irresponsabilidade fiscal. O projeto foi aprovado com 48 votos favoráveis e os dois votos contrários do NOVO.

“Não é ser contra o reajuste especificamente, mas entender que estamos ainda enfrentando uma dura crise econômica e que os recursos do orçamento saem do bolso de todos os gaúchos”, afirmou Giuseppe Riesgo.

Os deputados explicam que tomaram o posicionamento contrário ao reajuste em função da grande parcela da população que sofreu com a crise do covid, das milhares de empresas que fecharam durante a pandemia, dos 500 mil gaúchos desempregados, do aumento do número de pessoas em situação de pobreza, entre outros fatores.

“Novamente, quem poderá bancar a conta desse aumento são os pagadores de impostos gaúchos, especialmente os trabalhadores que não atuam no serviço público e que perderam seus empregos durante a pandemia”, analisou Fábio Ostermann.

admin

Website:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *